quinta-feira, dezembro 6

Felicidade, vinho e bacalhau

A folha publicitária de uma cadeia de supermercados, que me entra pela caixa do correio todas as semanas, dá pistas para resolver todos os problemas. "mesmo os mais complicados. Trabalho, amor, família, invejas" - o Professor Bambo tem solução para tudo, até para outros problemas "inexplicáveis". (O Professor Bambo fala francês e dá consultas numa rádio da região de Lisboa, com uma assistente para tradução. Explica que uma empresa pode falir por obra de um mau olhado.) E há também a senhora Maria Duval, que com honra de página inteira documenta até com fotos o caso de duas famílias que através dela se livraram do infortúnio. Uma cabeleireira a quem o negócio corria mal, e em vias de perder o marido, recupera o êxito comercial (por via da falência dos que lhe faziam concorrência) e logo passados quinze dias o marido volta, pedindo perdão. Ainda por cima, logo a seguir, ganha o Euromilhões. Outra jovem desempregada arranja o trabalho com que sempre sonhou e ao mesmo tempo o noivo pede-a em casamento. Com tanta fartura, fico a duvidar seriamente da qualidade dos vinhos e do bacalhau.

2 comentários:

on disse...

Não temos direita a saber qual é a cadeia?
Vá lá.
Serviço público!

lino disse...

Escreve-se com três letras, a primeira é a mesma que a última, e no logotipo há uma delas que foi rodada \pi/8 no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. Mais explícito não posso ser.