segunda-feira, novembro 26

Outra mudança faz de mor espanto...

A grande palavra-chave das ciências humanas nos dias que correm não é globalização, não é acção afirmativa, não é minorias e desigualdades, nada disso. O grande tema da investigação pós-moderna parece ser o contexto de mudança. Pelo menos é o que se depreende de títulos que se apanham a granel.

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal – Julho/Agosto 2004)
As Ciências Sociais - Cultura e desenvolvimento organizacionais em contexto de mudança
Modelação das preferências modais em contexto de mudança: elementos para a definição de políticas de transportes em Portugal. CESUR IST
"Justiça Relacional nas Organizações e Comportamento Humano em Contexto de Mudança", apresentada no Encontro de Psicologia Social e Organizacional, Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE), Lisboa.
A cultura profissional de professores de Matemática e o trabalho colegial entre professores em contexto de mudança curricular...
Ser Professor em contexto de mudança
o trabalho intelectual-profissional em contexto de mudança social
As actividades de enriquecimento curricular em contexto de mudança”.
Representações sobre aborto: activismo, (i)legalidades e saúde reprodutiva num contexto em mudança

A lista está muito longe de ser exaustiva. Sente-se aqui um filão com grande força. Admira não haver ainda um esforço sinergético, criando por exemplo departamentos universitários ou projectos de investigação para aprofundar cientificamente o contexto de mudança per se. Uma licenciatura em contexto de mudança também não ficava mal e, a julgar pela amostra, os alunos sairiam armados de competências polivalentes que lhes permitiriam empregabilidade imediata.

3 comentários:

on disse...

Acho que o "contexto de mudança" e os "case studies" surgiram na gestão. Quem estuda management tem de se preocupar um tipo de problemas relativamente nebulosos. Mesmo para os padrões normais das ciencias humanas. Esse estudos produzem alvitres que depois os gestores usam, ou não. Neste contexto o peer reviewing não é o critério essencial. Os consumidores do produto: candidatos a MBA's e as empresas que os contratam, acabam por fazer a triagem.

Quando se importa este tipo de problemas nebulosos para areas onde eles não são naturais e o peer reviewing é relativamente complacente, dá no que dá...

lino disse...

Concordo. O engraçado é que os utilizadores destas frases feitas nem se apercebem da apropriação oportunista e do próprio ridículo do lugar comum.

lacto bacillus disse...

É com muita satisfação que leio este post... compreendo-o... como o compreendo! Este discurso inútil, vazio, desprovido de uma boa dose de racionalidade podia até fazer parte de um qq número de sucesso no espectáculo de revista... isto, claro visto de outra perspectiva.

Esta apropriação por parte de uma "maneira de pensar", de todo o espectro das realidades conduz a uma frustração generalizada. Neste tipo de discurso, responde-se à lógica e à razão com construções barrocas linguísticas providas de pouca razão e nenhuma lógica.